Barra de vídeo

Loading...

terça-feira, 20 de outubro de 2015

Ato de desagravo a Clarice Lispector




                                                                                                             Dario Franco


São inócuas. Inofensivas, mas irritantes.
D’aí pensei em me livrar delas: as frases de autoajuda e citações creditadas gratuitamente a escritores ou a gente famosa. Então, planejei excluir os amigos “postadores”. Só os contumazes. Foi quando constatei que me restariam dois ou três numa lista de quase duzentos. Estanquei indeciso.
  Rendido, copiei uma frase de Clarice Lispector e colei no meu status (No que você está pensando?) em homenagem aos meus amigos ameaçados: “A tolerância com os fronteiriços e desonestos é a base da construção de uma extensa coleção de amigos.”  Achei linda! Só mesmo essa extraordinária bailarina argentina para alcançar tão profunda reflexão.
Amanhã vou postar aqui no Facebook (curtam) uma do técnico José Saramago e depois outra do escritor Jô Soares e de Madre Tereza e de Arnaldo Jabor e de Papa Francisco e de... Tenho um ror de “pensamentos” do melhor quilate. Vou surpreendê-los, amigos.  Preciso parecer um pensador. Um idoso que reflete e regurgita sabedoria. Reabilitei-me.
Amanhã estarei ausente da rede. Tranquilizo-os: só amanhã. É que meu geriatra, por excesso de zelo, pediu para eu repetir os exames de demência senil. Pura rotina! Deus é Fiel!
Postar um comentário